top of page

04 Escritoras Negras e Lésbicas para você conhecer

Atualizado: 31 de ago. de 2022


Anita Cornwell, Ryane Leão, Lívia Ferreira e Cidinha da Silva

O dia 29 de Agosto marca o dia Nacional da Visibilidade Lésbica, a data foi escolhida em razão do 1º Seminário Nacional de Lésbicas (SENALE), que aconteceu em 1996, evento organizado pelo Coletivo de Lésbicas do Rio de Janeiro. O SENALE teve como tema “Visibilidade, Saúde e Organização” para falar sobre sexualidade, prevenção de ISTs e HIV/AIDS.


Sendo a literatura um importante espaço de representação da sociedade, é importante reivindicar a literatura feita por mulheres negras e lésbicas, e começar a se perguntar não só quantas autoras negras e lésbicas você já leu, como também começar a preencher essa lacuna.


Selecionamos aqui quatro escritoras que você precisa conhecer.



01. Anita Cornwell
Anita Cornwell em Tallahassee, Flórida, em 1981. Foto Tee A. Corinne, Naiad Press


é uma autora feminista lésbica americana. Em 1983, escreveu o livro conhecido como a primeira coleção de ensaios de uma lésbica afro-americana, Black Lesbian in White America (Lésbica negra na América branca). Dividido em três partes, este livro apresenta os próprios ensaios de Anita Cornwell, uma entrevista com Audre Lorde e uma coleção de peças autobiográficas.




02. Ryane Leão | @ondejazzmeucoracao
Foto: Reprodução


nasceu em Cuiabá, no Mato Grosso e radicada em São Paulo. Seus poemas abordam sobre ser mulher e negra. Publicou seu primeiro livro de poesias, o 'Tudo nela brilha e queima' através de financiamento coletivo em 2017 e em 2019, lançou 'Jamais peço desculpas por me derramar' ambos pela editora Planeta.






03. Livia Ferreira | @afrocaminhao
Foto: Reprodução


é “autora de clichês românticos com lésbicas negras”, assina em suas redes sociais como Afrocaminhão, é autora dos livros “Passos de Liberdade”, “(Im)possíveis: o que não te disseram sobre o tempo!”, "Carnaval Amarelo" e "No olhar do Invisível”, que está em pré-venda na versão impressa.



04. Cidinha da Silva | @cidinhadasilvaescritora
Imagem: Pâmela Íris / Divulgação

é uma escritora mineira nascida em Belo Horizonte. Ao longo da carreira publicou 17 livros distribuídos pelos gêneros crônica, conto, ensaio, dramaturgia e infantil/juvenil. Foi finalista do Jabuti e recebeu o Prêmio Rio Literatura 4ª edição. Suas obras foram traduzidas em alemão, catalão, espanhol, francês, inglês e italiano. Em 2020, seu livro "Os nove pentes d’África” (Mazza, 2009) foi incluído no Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), sendo distribuído para milhões de estudantes e professores de escolas públicas de educação básica de todo o Brasil.



Conheça mais dessas escritas e deixe aqui suas indicações de autoras negras e lésbicas para que possamos conhecer e partilhar!

Bình luận


bottom of page