GT 03 "NÃO EXISTE HIERARQUIA DE OPRESSÃO: ENCRUZILHADAS IDENTITÁRIAS EM ESCRITAS DE AUTORIA NEGRA"

Coordenação: Bruna Cassiano

Esse Grupo de Trabalho busca reunir comunicações e estudos baseados em abordagens interseccionais, que considerem o caráter interligado das violências de raça, gênero, classe, sexualidade e território, entre outras forças que agem simultaneamente na manutenção das opressões contra sujeitos subalternizados. Desse modo, pretende-se focalizar em escritas de autoria negra as experiências e as construções subjetivas de indivíduos cujas existências são afetadas pelo cruzamento do racismo, do sexismo, do cisheteropatriarcado, da exploração capitalista etc., “aparatos coloniais” (AKOTIRENE, 2019) capazes de modelar e regular os caminhos, as identidades de mulheres e de homens negros. Pensando a relação entre identidade e poder (CRENSHAW, 2018), entre regulações e emancipações identitárias (GOMES, 2017) na literatura negra, fortalecemos o entendimento sobre cada parte que nos compõem. Nas encruzilhadas identitárias, aprimoramos “a nossa autodefinição” (LORDE, 2019).